30 de set de 2011

Filandras de Adélia Prado



Filandras
 Adélia Prado
Ed. Record

Nossa maior escritora e poetisa  viva.
        À primeira vista, parece um volume de contos, mas  é uma brincadeira que Adélia Prado faz com o leitor.
       Filandras são fios provenientes da teia de uma pequena aranha, os quais, isoladamente ou enovelados, flutuam no ar e se prendem em ervas e arbustos.
      As histórias podem ser lidas separadamente, mas ganham outra dimensão quando se começa a unir os detalhes que revelados em cada uma delas permitem construir a vida de  seus personagens.
      A autora desfia o dia-a-dia previsível e trivial de mulheres e homens da cidade do interior.
    Mas que mulheres!  Demonstram sua força e solidariedade em situações aparentemente corriqueiras, mas fundamentais para a própria existência de seu mundo.  Elas se tornam os elos e  pontos de equilíbrio para o funcionamento de toda uma comunidade.
          Belíssimo, para ser lido e relido. Recomendo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário