24 de jan de 2012

O Vaso Quebrado


Esta história é dedicada a todas as vítimas do vício da perfeição.


     Uma senhora chinesa já idosa, carregava dois vasos grandes, cada um pendurado na ponta de uma madeira que se apoiava em seus ombros.    

     Um dos vasos tinha uma rachadura e o outro era perfeito.

     No fim do percurso o vaso defeituoso chegava sempre com metade do seu conteúdo. E assim,  por dois longos anos, a senhora levava para casa um vaso e meio de água.

   O vaso perfeito era orgulhoso, pois cumpria sempre sua função. O vaso defeituoso, ao contrário, envergonhava-se de sua imperfeição, pois perdia sempre metade do seu conteúdo.
     Depois de dois anos, percebendo o vazamento durante o trajeto, falou com a senhora idosa: "Sinto muito, que por causa do meu defeito perca metade do meu conteúdo."
     A senhora sorriu e disse: Já reparou nas flores que estão do teu lado  da estrada, enquanto que do outro não há nada?  Isto porque eu sempre soube que havia uma rachadura, então plantei sementes do seu lado e a cada dia que fazia este trajeto  você regava as sementes.
    
     Por dois anos  tenho colhido estas maravilhosas flores para enfeitar nossa mesa.


     Sem você e sua maneira de ser não seria possível esta beleza para alegrar nossa casa. 

    Cada um de nós tem seu defeito particular e único...
   
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário