31 de mai de 2012

Aprenda a Delegar!


     Sabe aquela história de que se você quer alguma coisa bem feita, faça você mesma?  Meninas, é ao contrário!  Essa nossa incrível mania de perfeição  que nos torna tão centralizadoras está é nos deixando exaustas, mal-humoradas e com libido zero.
   Sob o manto da gestão horizontal, tipicamente feminina, escondemos nosso afã de acompanhar cada etapazinha do processo e dar pitaco em todas elas.
   Amiga, se você ainda não entendeu do que se trata, eu estou falando de poder. E esses tantos séculos em que fomos privadas de qualquer poder acumularam em nós uma espécie de anemia crônica. Mandar é bom. Mandar em tudo é ótimo!  Pena que seja impossível.
    Mas continuamos lá dando nosso sangue e vestindo aquele corpete justérrimo da mulher maravilha para não abrir mão de nem um naco do poder de decidir. 
    Mas para decidir de verdade, o remédio é delegar. Ensine o outro - e principalmente a outra, oh, o medo da competição! - e não fique perto acompanhando cada passo da tarefa. Entreque a missão, estipule metas, resultados, datas. E cobre. Simples assim.
   A primeira experiência será horrorosa. O resultado final vai lhe parecer muito aquém do que você mesma teria feito. Ok, controle-se. Está de fato ruim  ou apenas diferente do que você faria?  Enxergar alternativas vai abrir sua cabeça e seu coração - além de muito espaço na sua agenda.
   Delegue ainda as tarefas domésticas. Seja esperta. Valorize-as! Imite o que eles sempre fizeram conosco. Faça parecer maravilhoso arrumar a mesa para os convidados. E deixe que os outros - e especialmente aquele outro! -  assumam o serviço. Diga que cozinhar é bom. Que homens na cozinha são  super sensuais. Que ser um chef elogiado está na moda. Minta, se for preciso! 
   Mas salve-se a tempo da praga centralizadora que suga e seca a feminilidade. Agenda apertada é menopausa antecipada. Delegue parte da sua listinha de afazeres antes que, da supermulher, reste apenas aquela capinha...

trechos da coluna de Ana Paula Padrão
Revista LOLA - Mai/2012
lolamag.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário