26 de out de 2012

Filme - O Que Eu Mais Desejo

O Que Eu Mais Desejo
Dir. Hirokazu Kore-Eda
Japão - 2012

    Acabo de ver este filme encantador que é uma ode à pureza  e simplicidade da infância.
      Mais uma obra prima do mestre do cinema japonês Kore-Eda, que conta a história de dois irmãos separados pelo divórcio dos pais. O mais velho vive com a mãe e os avós no sul da ilha de Kyushu e o mais novo vive com o pai no norte. A distância não diminui sua ligação e através do celular eles estão sempre em contato.
     Há uma crença no Japão de que no momento em que dois trens bala se cruzam acontece um milagre e qualquer desejo pode se realizar.
      O irmão mais velho quer muito que a família volte a viver unida e começa a mobilizar o irmão caçula e seus amigos para uma jornada até a cidade onde os trens se encontram. Cada uma das crianças tem um sonho que deseja realizar.
  O filme une também os dois extremos da vida, representados pelos avós dos meninos. O avô, que era confeiteiro,  tenta reinventar um doce famoso, e a avó começa a aprender a dançar. Uma homenagem àqueles que acreditam em seus sonhos, mesmo que pareçam impossíveis. É muito bonita a cumplicidade que se desenvolve entre o avô e o neto.
     Muito interessante a metáfora do vulcão em atividade. O irmão mais velho luta inutilmente contra as cinzas que ele expele, mas após a jornada desenvolve uma outra relação com seu ambiente.
    A viagem é longa e cheia de surpresas e, como toda jornada, profundamente transformadora. 
    As crianças não são atores. São crianças fazendo papel de crianças de forma muito espontânea. E os dois garotos protagonistas são irmãos, o que torna suas atuações ainda mais reais.
   O final suave, sem cair na pieguice, nos mostra que a mudança de perspectiva interna é que faz toda a diferença em nossas vidas.
    Já está disponível em DVD. Recomendo!


2 comentários:

  1. Ótima dica. Estava querendo ver um filme em família. Acho que esse seria o ideal.
    Beijos






    ResponderExcluir
  2. Parece lindo...
    Durante a semana de provas, só consegui publicar alguns dias porque já tinha escrito bem antes, quando ainda tinha tempo, hehe...

    ResponderExcluir