15 de jan de 2014

A Felicidade é uma Borboleta...




“A Felicidade é uma borboleta. 
Se persegui-la ou tentar agarrá-la, estará sempre fora do seu alcance,
mas ao sentar-se calmamente, ela poderá pousar em você.”

Nathaniel Hawthorne
(1804 - 1864)
Escritor Americano

Vivemos numa era de prazeres imediatos, de agitação  constante, de velocidade.
 Quanto mais nos ocupamos, corremos e nos distraímos, maior é a sensação de vazio...
A felicidade é uma questão de atitude: de disponibilidade e abertura. 
E para isso é necessária a quietude. 
A felicidade depende do Ser e não  do Ter ou do Fazer.
Ela mora no reino da simplicidade, onde Menos é Mais.

Reserve sempre alguns minutos do seu dia para aquietar-se,
 Permita que a borboleta se aproxime...







15 comentários:

  1. Olá, Cristiane!
    Estou voltando, meio devagar ainda, mas é que justamente passei quase um mês de bobeira, fazendo isso que você nos diz, ou seja, olhando as borboletas e outras coisinhas que não estava tendo tempo para observar e ser feliz. Fiquei na minha serra por um mês e pude aquietar meu coração e prepará-lo para o novo ano, o novo tempo.
    Isto sim é felicidade, devemos todos permitir que isso aconteça em nossas vidas. Bela reflexão!
    um grande abraço carioca


    ResponderExcluir
  2. Beautiful photo and the Hawthorne quote is one of my favorites. I read something about happiness the other day that made me think. I don't remember where I read it, but the gist of it was that we have this inflated idea of what feeling happy is supposed to be like, and that's why we always think we're not happy yet, or we need to do something more, or somebody else needs to do something for us... and we never quite hav everything perfect, so we think we haven't achieved happiness. If we redefine what happiness means, we would realize that we are happy much of the time! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi Katherine, I loved your comment about what we define as happiness, and agree 100%! :)

      Excluir
  3. Querida Cristiane
    Sou tranquila e feliz com tudo que tenho e acontece na minha vida, mas Deus sempre me surpreende com presentes inesperados!
    Quando coisas ruins acontecem também sei que quando a tempestade passar serei feliz, pois é incrível como sempre saio mais forte e aprendo alguma coisa!
    A felicidade está nas pequenas coisas e onde menos esperamos.
    Te desejo um lindo dia!
    Bjim
    Léia

    ResponderExcluir
  4. Oi Cris,
    Que lindo!!! E verdadeiro...
    Como sua mãe, eu não sou bauruense, mas adotei Bauru como minha cidade e gosto muito daqui!
    Bjs e um ótimo restinho de semana para você.

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  5. É preciso ter paciência para ver o pouso da borboleta: suave, poético! abração

    ResponderExcluir
  6. Amei ler teu texto agora Cris...
    Boa tarde amiga!
    bjus!

    ResponderExcluir
  7. Pois é Cris, felicidade é sempre uma meta em nossas vidas. Pena que passemos tanto tempo nos enganando, buscando a felicidade na satisfação passageira dos prazeres egoístas, materiais e sem sentido. Insistindo em inverter nossos valores, colocando no lugar coisas que jamais serão compatíveis com a verdadeira felicidade. E enquanto nos distraímos perdidos entre tantas ilusões, ela ocorre justamente naquilo que você falou: no abandono da pressa, do medo e também das ambições. A felicidade mora dentro, no estado das coisas simples, que ocorre quando mergulhamos na tranquilidade do silêncio interior. É a centelha luminosa que vêm sem motivo ou razão. Apenas acontece. Assim como a borboleta, que abandona a agitação do farfalhar de suas asas para simplesmente pousar ,se aquietar e contemplar.
    Beijo querida, adorei o post!
    Denise – dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Lindo! Obrigada, Cris! Tentarei seguir o teu conselho.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Encantadoras borboletas!
    Nos inspiram a leveza e a beleza do viver!
    Felicidades para você!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá Cristiane,

    Como gosto dos seus ensinamentos, sempre com modos simples e plenos, como a vida deve ser.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Sempre dou um jeito de agarrar esta borboleta,
    agora estou mudando mas o tempo nos ensina ,
    é melhor ela pousar em nós.
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Cris minha amadinha obrigada pela visita! Adorei seu comentário. Já experimentei muitas vezes o sentimento viajante, e só com a maturidade descobri que era preciso criar motivos para ficar. Obrigada pelo carinho e um lindo final de semana,
    denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Cristiane,
    Aqui, no MULHERES EM CÍRCULO, sempre aprendo algo.

    Vou procurar me lembrar sempre que A FELICIDADE É UMA BORBOLETA.
    Vou procurar me aquietar para que ela possa se aproximar.

    Tenho andado tão inquieta ultimamente....
    UM beijo
    Cristina

    ResponderExcluir