22 de fev de 2014

Nosso Encontro de Fevereiro: O Resgate da Vida Criativa

Já estamos no capítulo 10, um dos mais densos do livro. São dois contos de espanto, assustadores mesmo, mostrando tudo o que não se deve fazer; para ver se a ficha cai, não é? E o terceiro conto mostra a saída.

Todo este capítulo é dedicado ao cuidado que precisamos ter com nossa alma para preservar e resgatar a vida criativa.

Foi um encontro muuuito longo! Impossível falar de tudo que trabalhamos...Mas vou destacar alguns pontos chave.


O primeiro conto: "La LLorona",  mostra o que acontece quando uma mulher coloca o centro de sua vida em outro lugar que não seja dentro dela mesma. No conto, sua âncora está no homem que ama. No momento em que ele a troca por outra ela fica à deriva e destrói tudo o que vê pela frente, inclusive a si mesma. Se você não tem o livro, pode ler o conto aqui

A mensagem deste conto é muito clara: ancore-se na sua própria vida interior, crie um espaço de cuidado e carinho para si mesma, não espere que os outros façam o que somente você pode fazer por si mesma.


O Segundo Conto: "A Menininha dos Fósforos" também é muito impactante. (Se você não tem o livro pode ler o conto aqui).

Os alertas  deste conto: Se você está num lugar que não lhe faz bem, que drena sua energia, saia daí!  E as pessoas que não valorizam sua alma, suas idéias, sua arte, seu trabalho; não merecem o seu tempo!

Não faça como a menininha do conto, lembre-se do que a autora diz em todos os capítulos: A ingenuidade não é um atributo da mulher selvagem.

O terceiro conto : "Os Três Cabelos de Ouro", mostra que somente podemos recuperar a energia e o frescor da vida se nos permitirmos parar! (se não tem o livro, pode ler o conto aqui).

A última grande lição do capítulo é: crie tempo para cultivar a sua alma, para fazer aquilo que te nutre, inclusive para poder simplesmente não fazer nada e sonhar...

Depois da nossa Roda de Conversas, que foi intensa, partimos para as vivências de consciência corporal onde trabalhamos principalmente a respiração: soltando as tensões musculares das cadeias posteriores, desbloqueando o diafragma e trazendo a consciência para o lugar onde a respiração nasce.



Pois como já vimos: A respiração é a senhora da mente. E para poder parar, ancorar em si mesma, centrar-se, é preciso respirar!

E o que é a meditação senão parar e focar sua atenção em outra coisa que não sejam seus próprios pensamentos?


Finalizamos com a Bênção dos Chakras, uma vivência muito delicada e bonita que você pode aprender aqui.

Expressamos  as imagens interiores através do desenho livre. E surgiram coisas lindas, fortes e poéticas, mostrando o caminho da energia  da alma de cada uma, e a experiência de conexão com o sagrado. Você pode ver as fotos aqui.

Ufa! Muita coisa, hein....

Vocês estão de parabéns, fizemos um lindo trabalho e no mês que vem tem mais: O Resgate da Sexualidade....





11 comentários:


  1. Hello, Cristiane Marino.

    Good feeling works.
    Thank you for your visiting always.

    Best week is coming.
    Greeting
    From Japan, ruma ❃

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga

    Momentos assim,
    onde se discutem temas
    que nos acordam esperanças,
    são preciosos...

    Cuide de quem você ama.
    O amor é nosso compromisso com a vida.

    ResponderExcluir
  3. Blog encantador,gostei do que vi e li,e desde já lhe dou os parabéns, também agradeço por partilhar o seu saber, se desejar visitar o Peregrino E Servo, ficarei também radiante
    e se desejar seguir faça-o de maneira que possa encontrar o seu blog, porque irei seguir também o seu blog.
    Deixo os meus cumprimentos, e muita paz.
    Sou António Batalha.

    ResponderExcluir
  4. Querida Cristiane
    Que delícia de encontro amiga!
    Gostaria de ler os contos, pois achei muito interessantes!
    Depois da doença da minha mãe, senti-me muito desequilibrada e perdida, então resolvi entrar numa escola de yoga e dedicar-me muito mais a mim mesma, para conseguir reencontrar-me e equilibrar-me! Sinto-me melhor aula por aula! A respiração é a base de tudo.
    Te desejo uma linda semana.
    Bjim
    Léia

    ResponderExcluir
  5. Cris, seja o que for que eu faça em minha vida, busco fazê-la de maneira que seja coerente com o meu eu interior. E não importa o caminho que eu siga, importa que eu o faça com satisfação, contentamento e harmonia comigo mesma.
    Linda postagem...
    Beijo querida e boa semana,
    Denise – dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Cristiane, gostei da benção dos chacras, vou fazer. Beijos
    Joana

    ResponderExcluir
  7. Oi Cris,
    Queria tanto morar mais perto para participar de um grupo com vc! Acho que aproveitaria muito, até pq me dou muito bem em ambientes femininos.
    Nem preciso dizer que amei o livro "Antonia e suas Filhas", preciso?
    :)
    Senti falta de vir aqui...
    Bjs e um ótimo início de semana para vc.

    SORTEIO DE UM BABY-LISS. PARTICIPE!
    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  8. Quando eu era menina, ajuntei dinheiro prá comprar um livrinho sobre a "Menina dos Fósforos", que eu lia pros meus irmãos e também prá minha avó. Mas a gente enxergava a história por outra perspectiva - menos psicológica, mais prática... Víamos a solidão da menina, a falta de percepção dos outros quanto as necessidades dela... É bom enxergar de outra forma, ampliar os horizontes. Obrigada mais uma vez, Doutora querida. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Respirando pausado
    Inspirando em 3 e soltando em 7
    \o/
    Nota dez!
    Maravilhosos e complementares os três contos
    Valorosos esses encontros que por aqui dá para ir absorvendo algo e desejando participar :)

    ResponderExcluir
  10. I want to read this too! The artwork and the messages to the stories are so beautiful and inspiring!

    ResponderExcluir
  11. É interessante como mesmo histórias consideradas "infantis" possuem sentidos tão profundos.

    ResponderExcluir