3 de jul de 2014

O Grito - Conversa com Criança

Seus filhos só obedecem na base do grito?  
Veja estas dicas preciosas da psicóloga infantil Daniela Freixo de Faria, você vai descobrir uma forma bem mais eficaz de se comunicar com as crianças e conduzir a situação para que elas atendam aos seus pedidos sem estresse.
São 5 minutinhos que valem ouro e podem ajudar a trazer o sossego para o lar.




5 comentários:

  1. Cris, querida,

    Eu não consigo entender como que os pais gritam alucinadamente para as crianças.

    Com 1, 2 ou 3 filhos, não dominam a arte da Educação, pois gritar é um desrespeito para consigo e para com a criança.

    Acho bonita a Educação indígena, onde o adulto ouve o pequeno agachado na altura da criança, conversa o tempo todo e é o seu modelo diário.

    Nas escolas, eu também via muitos e muitos gritos. (adultos e crianças)

    Sinto-me imensamente feliz quando lembro que ao longo dos 35 anos de exercício da minha profissão, eu tenha achado um ponto de equilíbrio, poupando a mim e aos pequenos.

    Começava o ano letivo falando baixinho e terminava murmurando.

    Tinha a música instrumental bem suave, como sonoplastia para nossos estudos.

    Meus aluninhos ( 6/7/8 anos) aprendiam a me ouvir e principalmente a se comunicarem sem gritos.

    Para mim, ter uma postura assim, era primordial, pois não há aprendizagem sem ouvir, sem exemplo...e eu queria ser ouvida e murmurando, sabia que seria imitada!!

    Meu lema era..."Criança precisa de EXEMPLOS, FIRMEZA com diálogo(sim sim ou não não) e AMOR."

    Ahhh, agora fiquei com saudades!!

    Querida, tenha um ótimo dia,

    beijinhos, Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Lígia, que lindo seu comentário, que sorte tiveram seus aluninhos…você certamente é um exemplo para todas nós!
      Bjs

      Excluir
  2. Um olhar e uma boa explicação valem mais que um gritão :)

    ResponderExcluir
  3. Tão necessário seu post Cris.
    Será que estamos desaprendendo a ouvir e por isso gritamos mais?
    O depoimento da Lígia é emocionante e mostra como é possível colocar em prática!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Oi Cris,
    São cinco minutos para uma reflexão preciosa, acho que o grito gera mais fadiga do resultado.
    Bjs e bom finde!

    ResponderExcluir