16 de out de 2014

Receita de Felicidade



"Simplifique,
simplifique,
simplifique.
Depois, acrescente leveza.”

Ha mais de vinte anos aderi ao Movimento da Simplicidade Voluntária e isso mudou completamente minha vida para melhor. Este é nosso lema. 
Buscamos simplificar tudo, desde a parte material para reduzir o consumo e o impacto no ambiente, até as tarefas   diárias e os relacionamentos. 

Experimente fazendo este exercício: 

1 - Simplifique
Para cada coisa que for fazer ou comprar, ou qualquer solicitação que surgir, pergunte a si mesma:  
Isto é mesmo necessário? Se a resposta for sim, passe para o próximo passo.

2 - Simplifique
Então pergunte-se: como poderia tornar isso mais simples? 

Este é o primeiro estágio. Permita-se um tempo de prática para tornar a simplicidade parte de sua vida.

3 - Depois Acrescente Leveza
Quando a simplicidade se tornar um hábito, passe para o próximo estágio  e diante de cada situação pergunte-se: como poderia tornar isso mais leve? 

À medida que vai praticando fica cada vez mais fácil, você vai se surpreender com a sua criatividade e as possibilidades que irão surgir. Sem falar no tempo livre.

A vida vai ficando simples, leve e…feliz!




13 comentários:

  1. Adorei a receita que vem de encontro ao que penso! bjs, chica e tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito.Já aderi com consciência...simplificar extrai a essência do viver...traz leveza e felicidade, com certeza.
    Grata, Cris.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  3. Eu também estou simplificando cada vez mais. e adorei o acrescentar leveza!
    Tudo fica mais fácil certamente!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Cris, primeiramente, obrigada e muito pela visita lá em casa. Estou curtindo meu Rito de Passagem para os 40, hoje eu sei dizer não, não tento mais agradar a ninguém a não ser a mim mesma, uso o que gosto, vejo e escuto o que quero, me recuso assistir coisas que ferem meus ideais e convicções, leio o que gosto e faço, na medida do possível, também o que gosto. Sabe aquela liberdade de livrar-se de tudo que já saturou e que não cabe mais??? Pois é, estou nessa fase. Estou lendo um livro lindo de Márcia de Luca chamado A Idade do Poder que tem me ampliado os horizontes e estou buscando livros que falam sobre o sagrado feminino na maturidade. Copiei a tua resposta e colei no meu caderno para ler sempre e nunca deixar a peteca cair. Desejo uma linda quinta-feira cheia de flores e luzes. Com carinho da admiradora Regiane.

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito Cris, "mais tempo livre"...me interessou muito!
    bjus!

    ResponderExcluir
  6. Gostei da idéia... Simplicidade e leveza, vou exercitar, hehe...
    Adorei a sugestão de literatura infanto juvenil que falasse lá no blog...
    Aliás, falando nesse gênero, já lesse Kafka e a Boneca Viajante???
    É lindo e pelo que te conheço vais amar...
    É pequeno e a gente lê num dia, mas a mensagem é tão tão leve...
    Beijãooo flor

    ResponderExcluir
  7. Criiiiiiis, mudou o visual do blog!! Que legal!!
    Verde é sempre verde!! E está faltando mesmo, estamos vendo a falta de chuva, a falta de água, a pouição danada por aí!!
    Nossa, saudades de você Cris!!
    Nem te respondi sobre as armações de óculos!! Muito bom criticas positivas e sugestões, considero a todas, mesmo e sem problemas. Mas amoooo as armações grandes," statements", é algo pessoal, gosto de causar impacto, mas escolho a dedo. É claro que estou procurando algo mais sutil, seguindo seus conselhos, ainda não encontrei uma que me agrade mas assim que conseguir, juntarei a minha coleção. Obrigada!!
    Apareça meu bem!!
    Adorei a dica!! A simplicidade faz a gente muuuito feliz! Mas lamento aqueles que procuram ela em coisas materiais ou em alguém, isso é muito triste!
    Grande beijo e abraço apertado daqui!!
    Uma bela sexta querida!
    Cris

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cristiane!
    Não sabia da existência desse movimento, mas já simplificava a minha vida naturalmente até perder a minha mãe. De lá pra cá tenho praticado também o desapego como forma de me libertar dos excessos. Já postei algumas coisas nesse sentido no blogue, como forma de conscientização. Mas as pessoas se enfeitam com artifícios, enchem suas vidas de futilidades... pq sentem vazio dentro de si. Quando simplificamos, conseguimos enxergar o que realmente precisamos.
    O BookCrossing Blogueiro é também uma forma de desapego (rs*)
    Bom fim de semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  9. Simplicidade e receita, receita de sucesso para tudo
    AMEI
    E amei a imagem :)

    ResponderExcluir
  10. Oi Cristiane,
    Esse é minha filosofia de vida.Simplificar. Daí o Simples Assim.
    Ah! O livro chegou, pois pedi na Estante Virtual, já comecei a ler e a vibrar com ele.
    Bj e bom fim de semana,
    Lylia

    ResponderExcluir
  11. As vezes a vida traz acontecimentos que nos ensinam simplificar.Comigo aconteceu assim,simplificar por falta de espaço,por mudança na rotina de vida.Nessa época eu pensava muito na frase de Cora Coralina "...daqui pra frente apenas o que couber no bolso e no coração" e desde então esse tem sido meu lema.
    Um abraço
    Sônia

    ResponderExcluir
  12. Cris, querida,

    Desde que me aposentei, estou exercitando "atitudes simplificadas"...simmmmm....chega de carregar, de possuir, de acumular coisas que nunca uso, que nunca mexo, que ficam entulhando meus caminhos.

    Comecei pelos sapatinhos...heheheh...com mais de 70 pares...comecei a doar!!

    Hoje tenho 20 pares e é muito...falo que não tenho tantos pés para tantos sapatos...hehehehe...

    Estou diariamente me policiando!!

    Viva a leveza!!

    beijinhos, Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  13. Amei...busquei o site do movimento simplicidade voluntária .... estou lendo
    Deus!!!! É tanta coisa para aprender....
    Será que vai dar tempo???? rsrsrsrs
    Tem que dar.
    Obrigada Doutora querida....

    ResponderExcluir