3 de nov de 2014

Vivendo Sem Carne - O Meu Couscous Marroquino e Cardápio Balanceado


Vamos começar a semana com mais uma receitinha para quem quer experimentar uma vida saudável, sem carnes e com muito sabor!
A palavra couscous vem do árabe e quer dizer mistura. Este prato é uma mistura de legumes, castanhas, tempêros e sêmola de grano duro. Um prato muito nutritivo, que por si só se constitui numa refeição completa. Bem fácil de fazer.
O trigo de grão duro é bem diferente do trigo comum, ele tem alto teor de proteínas, cálcio, ferro, vitaminas do complexo B e vitamina K.
Por não ter purinas, é liberado para quem tem problemas com ácido úrico.
Ele é muito importante para o metabolismo ósseo, para a boa coagulação do sangue e contribui para reduzir o colesterol ruim. Além disso, por ter ácidos graxos insaturados, ajuda a fomar o HDL (o colesterol bom).
Adoro este prato e faço muitas variações de acordo com  o que tenho na geladeira. Vou passar a vocês uma versão básica, com meus toques pessoais. Depois vocês podem criar sua própria versão.

Couscous Marroquino da Cris
Ingredientes
1 xícara de sêmola de grano duro para couscous
2 cenouras picadas
1 punhado de vagem picada
1 abobrinha picada
1 cebola média picadinha
 2 folhas de louro e pimenta do reino
sementes de cominho (opcional)
azeite de oliva
100 g de amêndoas salgadas ou ao natural
Caldo de legumes (opcional)


Modo de Fazer
1 - Numa panela grande coloque uma colher de sopa de azeite de oliva e refogue a cebola com as folhas de louro, não deixe escurecer a cebola, só amolecer e soltar os aromas.

2 - Acrescente os legumes picados e refogue acrescentando uma pitada de pimenta do reino e sal a gosto. Coloque um pouquinho de água (1/4 de xícara), tampe e deixe cozinhar por alguns minutos. Mexa de vez em quando, acerte o sal e  a água se necessário. Fique de olho, é muito rápido, os legumes devem ficar ao dente e quase sem água no fundo. Reserve.

3 - Numa outra panela aqueça 1 xícara e meia do caldo de legumes e acrescente 1 xícara de couscous bem cheia. Misture bem, desligue o fogo e tampe por 1 ou 2 minutinhos, ela hidrata super rápido. Você verá que os grãos cresceram, quase dobrando de tamanho.

Se você não tiver caldo de legumes, pode  usar água com um pouquinho de sal. Mas com o caldo fica muito mais gostoso.

4 - Agora vá despejando a sêmola hidratada na panela dos legumes refogados mexendo delicadamente.

5- Voilá! Na hora de servir, salpique as amêndoas por cima. Não deixe as amêndoas misturadas ao couscous porque elas amolecem. Regue com um fio de azeite de oliva.

Sugestão de Cardápio Balanceado
O couscous se constitui numa refeição completa, mas geralmente é servido acompanhado de uma salada e um suco de frutas cítricas.  No inverno, pode ser servido após a sopa.

Dicas
Eu gosto muito de dar um toque indiano ao couscous, então acrescento algumas sementes de cominho no momento de refogar os legumes. 

Para servir, coloco todo o couscous num pirex, cubro de cebolas caramelizadas, depois coloco as castanhas por cima. As cebolas caramelizadas dão um toque  muito especial.

Uma outra variação é picar salsinha fresca e misturar ao couscous logo antes de servir.

Desta vez consegui fazer a receita e tirar a fotinho! Decorei com uma flor feita de 1 rodelinha de tomate no miolo e 1 damasco seco fatiado para as pétalas. O damasco também combina muito bem com este prato. 

Como disse a vocês as variações são infinitas, você pode usar outros legumes também: brócolis, inhame, couve-flor, ervilhas frescas, palmito, beringela refogada em cubinhos….use sua criatividade. 

Ah! A sêmola de couscous você encontra nos supermercados.

Cebola Caramelizada
Corte duas cebolas grandes em rodelas, coloque-as numa frigideira grande com um fio de óleo no fogo médio e vá mexendo sempre. 
Quando elas começarem a se soltar e murchar um pouquinho, acrescente uma colher de sobremesa de açúcar mascavo e mexa até elas começarem a ficar na cor marrom e macias. Abaixe o fogo se necessário, não deixe o açúcar queimar. Sirva em seguida.

Caldo de Legumes
Sempre tenho estoque de caldos no freezer. São muito práticos para risotos, couscous, tortas...
Sempre que faço sopas de legumes ou sopa de abóbora ou sopa de inhame, coloco um pouco de água a mais na panela, e na hora de bater a sopa no liquidificador, retiro o excesso de caldo e congelo em pequenas porções para usar depois.

Com essas dicas de mãe, só não come bem quem não quer…

Ficarei muito feliz se me disserem o que acharam, este tipo de post dá um trabalhão e o retorno de vocês  é um incentivo para continuar a fazê-lo.

Ótima semana para todas!





11 comentários:

  1. Bom dia linda amiga Dra. Cristiane, amei a receita e as dicas, me identifiquei em muitas coisas por aqui, o aproveitamento dos legumes em caldos e congelar para reaproveitar, o faço sempre!
    Copiando a receita! Obrigada por compartilhar!
    Abraços e tenhas uma linda semana!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Dra. Cristiane!
    Adoro receitas sem carne!
    Já fiz a receita da berinjela que você postou. Todos que comeram gostaram muito.
    Esse couscous deve ser delicioso.
    Tenha uma semana muito feliz!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Nunca experimentei essa sêmola, sempre faço o meu com quinua, fica com a aparência quase igual, mas outro gosto, com certeza. Meus filhos não gostam muito, preferem quando eu faço com trigo moído de fazer quibe, quase um tabule. Essa essa sêmola se acha em qualquer lugar ou só em casa de produtos naturais? Quero experimentar o gostinho...

    Beijos, Doutora querida!

    ResponderExcluir
  4. Oi Cris,
    Gostei da dica. Nunca comi, mas deve ser delicioso.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Ótima sugestão para a segunda, Cristiane! Eu também gosto muito de couscous marroquino.
    Sobre minhas formas de bolo, que você perguntou onde compro, trago de viagens internacionais.Aqui no Brasil ainda não achei.Mas no site da Amazon você pode adquirir também.
    Bj e ótima semana,
    Lylia

    ResponderExcluir
  6. Querida Cristiane
    Que maravilha de receita e dicas preciosas!
    Gosto muito de couscous, mas faço pouco. A partir de agora farei com mais frequência!
    Adorei teu post.
    Mil bjos
    Léia

    ResponderExcluir
  7. Cristiane, não tirei a aba lateral do meu blog. Deve ter sido um problema momentâneo!
    Por favor, quando puder dê uma olhadinha novamente no meu blog e veja se o problema persiste.
    Muito obrigada.
    Beijão
    Léia

    ResponderExcluir
  8. Puxa, Cris,

    Nunca usei a sêmola e não uso o cominho.

    Achei interessante sua receita.

    O sabor deve ser bem acentuado a...delícia!!!

    beijinhos,

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  9. Olá Cristiane,

    Gosto muito de couscous, em todas as versões, a sua parece deliciosa e já foi devidamente anotada, junto com a cebola caramelizada, e programada para a próxima segunda.
    Beijos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  10. Descobri que tenho ácido úrico recentemente e dicas como as acima são muito bem vindas. Obrigada!!

    ResponderExcluir