13 de abr de 2015

A Jornada




Um dia você finalmente soube o que tinha que fazer,
e começou, apesar das vozes ao seu redor
gritando seus maus conselhos.
Embora toda a casa começasse a tremer
e você sentisse os velhos puxões nos seus tornozelos.

"Conserta minha vida!"
gritava cada voz.

Mas você não parou.
Sabia o que tinha que fazer,
mesmo com o vento arrancando 
com os dedos endurecidos
os teus próprios alicerces.
Mesmo com a terrível melancolia.

Já era tarde, numa noite selvagem
e a estrada cheia de pedras e galhos caídos.

Mas pouco a pouco,
à medida que você foi deixando essas vozes para trás,
as estrelas começaram a brilhar
através das camadas de nuvens.

E havia uma nova voz
que você lentamente reconheceu como a sua própria,
e te fez companhia
à medida que você caminhava mais fundo no mundo,
determinada a fazer a única coisa que podia:
determinada a salvar a tua vida.

A única vida que você tem.

Mary Oliver


Este é o poema de abertura dos encontros do Círculo de Luz neste ano, ele nos toca tão profundamente que decidi compartilhar com todas vocês.

Um chamado para o cuidado essencial, não é?



19 comentários:

  1. Um poema que fala fundo, emociona! Lindo! bjs, ótima semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Bom dia Drª Cristiane!
    Bela mensagem para começar a Semana!!!!
    Amei!!!!!
    Linda semana!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tocou-me em particular, o poema e o cuidado com que foi postado..Lindo, lindo. Gratidão! Feliz semana pra nós. Beijos.

      Excluir
  3. Nossa Cris, que coisa mais linda, fiquei arrepiada... Me senti inteira, em cada linha, cada palavra. felizmente descobri a tempo minha verdadeira essência, força e coragem quando me dei conta que era preciso mudar minha postura, deixar de chorar e me lamentar para então voltar a sorrir e apreciar a vida do jeito que mereço. Acordei e descobri que era preciso deixar ir o que não me cabia mais para que possa vir o que me é destinado...
    Beijo querida,
    💜

    Denisw
    dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Cris,
    O poema me tocou profundamente. Me arrepiou!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Muito lindo, às vezes precisamos parar de prestar atenção nas vozes alheias para ouvir nossa voz interior.

    ResponderExcluir
  6. Realmente belo este poema. Um delicado chamado ao essencial.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Cristiane, esse é o momento mais difícil, quando
    conseguimos ouvir nossa voz e, rompemos com tudo que
    não era nosso, para salvar nossa vida. Perfeito, para quem
    está desabrochando para o recomeço.
    Obrigada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  8. Olá Cristiane,

    Que lindo. Gosto de vê as coisas boas que a vida mostra, embora as vezes os outros consigam cobrir com nuvens e demore um pouco mais para encontrar, é importante manter o caminho que queremos.
    Boa semana e beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Cristiane!
    Enquanto não pudermos ouvir a nossa voz interior, seguir nossa intuição, sermos verdadeiros, estaremos sujeitos ao falso. A maioria das pessoas querem crer em algo extraordinário que esteja além da condição humana e toda a crença e verdade está dentro de cada um de nós. Não precisamos ir muito longe... Basta entender que cada pessoa é diferente, porque é única. O que é bom para um, não é para o outro.
    *Recebi o livro!! Uhuuuuuuuuuuuuuuu!!!
    :=))
    Beijus,

    ResponderExcluir
  10. Mais oportuno impossível!

    Obrigada Cris.

    ResponderExcluir
  11. Nossa que poema maravilhoso, cheguei a me emocionar com ele! Já estava saindo do computador, quando vi teu post e resolvi vim te visitar! E foi muito bom eu ter feito isso!...
    Lindo!!!!
    Te desejo uma linda semana, uma noite abençoada e beijos mil!!!

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nossa, que texto sensacional...puro chamamento! amei minha querida! bjs

    ResponderExcluir
  13. Lindo, Cris, lindo!!

    A nossa vida é o bem maior...único, intransferível!!

    Cuidemos com carinho, com atitudes amorosas para conosco, com o próximo e demais espécies!!

    Vale a pena...

    beijinhos, um lindo dia,

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  14. Bom dia, Cristiane! Realmente é isso ue temos que fazer mas as vezes é muito difícil.mas ir em frente e ouvir nossa voz é o caminho.

    ResponderExcluir
  15. Maravilhoso Cristiane!
    Emocionei-me!
    Obrigada por compartilhar.
    Um forte abraço
    Léia

    ResponderExcluir
  16. Realmente, Doutora querida... Nossa reforma íntima não é feita com facilidade, principalmente porque o mundo quer sempre que a gente se ajeite ao molde alheio. O auto-conhecimento é uma jornada diária, que vale muito a pena e sem a qual não se consegue ser plenamente feliz.

    Hoje eu fiz uma postagem bem vegetariana, com uma receitinha simples, mas gostosa...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Lindo poema!
    Agradeço de coração pela partilha flor.
    Beijinhos.

    Flores e Luz.

    ResponderExcluir