24 de ago de 2015

Não Caia na Armadilha dos 90 x 10

São tantos anos cuidando de pessoas que certas armadilhas mentais passaram a ficar bem evidentes para mim. Acho que uma das mais freqüentes é a dos 90 x 10.
Comecei a perceber que a maioria das pessoas concentra seus pensamentos, sua atenção e sua conversa nos piores 10 por cento de suas vidas. Os outros 90 por cento do que acontece (que normalmente é bom), geralmente fica em segundo plano ou nem é percebido!
Vou dar um exemplo: você se propõe a fazer algumas coisas em um dia, consegue fazer bem todas menos uma. Sobre qual você vai pensar quando chega a noite?  Sobre qual delas vai comentar com a família ou amigos? Sobre todas que deram certo ou sobre aquela que não deu?
Ou então, você lidou com várias pessoas ao longo do dia, todos os contatos foram agradáveis exceto um, em que a pessoa foi mal educada. Quando alguém te perguntar como foi o dia, sua resposta vai ser: "Foi um dia bom, encontrei várias pessoas agradáveis e interessantes" ou "Foi um dia péssimo, encontrei uma pessoa tão idiota, veja só o que ela fez...." 
Entendeu a diferença?
Isso não quer dizer ignorar os problemas ou não poder conversar com alguém sobre algo que nos angustia, não é isso. Não se trata de fazer o "Jogo do Contente". Mas de ter um pouco mais de equilíbrio no que escolhemos para ser o foco de nossa atenção.
Desta forma começamos a perceber que apesar de haver fases da vida que são difíceis, também há coisas boas. E quando notamos essas coisas, pensamos e conversamos sobre elas, a vida parece melhor e menos estressante, porque nosso corpo reage às emoções e pensamentos.
Da próxima vez que conversar com a família ou amigos experimente perguntar sobre a melhor parte do dia deles. Pergunte se encontraram alguma pessoa gentil ou se o almoço foi bom ou se tiveram alguma idéia interessante ao longo do dia. Você vai pegá-los desprevenidos! 
Mas também pode ajudá-los a experimentar a outra parte da vida: a parte boa.


Este texto foi inspirado na técnica de Richard Carlson e criado à partir de minhas observações.





17 comentários:

  1. Dra. Cristiane, boa noite!
    Quando você passa a vida inteira escondendo a parte ruim da pessoa, tentando conviver bem, você é surpreendida, justamente, por ter evitado de falar....
    No amor, é difícil, não sabemos quem é a pessoa, até que não precise mais da gente, aí sim, vamos conhecer o caráter da pessoa, com quem convivemos e, não é mais 90 x 10, mudam os números: 10 x 90.
    Feliz e abençoada semana, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Teresa,

      Como eu falei no texto, a questão não é fazer o jogo do contente e ignorar os problemas ou não poder desabafar sobre algo que incomoda realmente. É sobre as miudezas da vida, que costumamos ignorar, mas no meio do cascalho tem pepitas de ouro...
      Bjs

      Excluir
    2. Reli seu texto e, sendo outro dia, já interpreto de outra forma, realmente, o que nos deve chamar a atenção é todo o contexto e não a única parte que nos incomoda.
      Hoje, despida de minhas fraquezas, sem nada para me apoiar, respondo apenas por mim, digo que tem razão: os 95% restantes, valem muito a pena. Muito obrigada por me lembrar, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  2. Adorei o texto .Bem interessante e falar sobre as coisas boas, fazer ver que existem é preciso! LÇindas ilustrações! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Abençoada semana!!!!!!!!!! Bjksssssssss

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Cristiane!
    Super verdadeiro este texto...é a história do ponto preto na folha branca...como é difícil se fixar em todo o branco...exercitar todo dia, e novamente todo o dia! obrigada por nos fazer relembrar! beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  5. Olá Dra. Cristiane!!
    Acho que suma importância ler e reler esse texto, pois realmente acabamos nos focando no que erramos ou deixamos de fazer.
    Além disso, é super comum ver as pessoas se lamentando pelo que não têm...quando são tão sortudas e felizes em tantos aspectos...mas sempre há uma comparação com a vida alheia.
    Temos que ter em mente que todos têm problemas, coisas boas e más, comparar nunca é uma boa idéia!
    Beijos mil e linda semana pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Cris,
    Um dos melhores posts que li aqui. Serviu bem para mim, pois, por conta da cirurgia e de uma rouquidão irritante, tenho caído nos 10%! Vou guardar este post para ler e reler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Cris,

    Essa sugestão de pergunta para os amigos ou família sobre qual foi a melhor parte do dia deles me parece uma boa pergunta para fazermos a nós mesmos. Vou experimentar. Beijos

    Thalita
    www.psicologiaemsp.com.br

    ResponderExcluir
  8. Cris, muito muito verdadeiro isso. Estou tentando alterar esse esquema, mas é no dia-a-dia que você consegue ver a força desse pensamento. Claro que a força quem dá somos nós mesmo, mas estamos realmente no automático. Ótimo post para começar a semana. Que a sua seja de muita luz. Um beijo

    ResponderExcluir
  9. Acredito que fortalecemos com nossa palavra a energia ao nosso redor. Quanto mais falamos coisas boas e positivas,mais atraímos e vice versa.
    Temos na vida acontecimentos bons e ruins, mas depende de nós, qual deles vamos alimentar.
    Ótimo texto.
    Um abraço, Sonia

    ResponderExcluir
  10. Olá Cristiane,

    Que incrível, bateu certinho com meu dia, planejei e realizei tudo, só uma tarefinha se complicou e tiver que repetir, e olha que fiquei chateada por ter que refazer a última parte. Depois do seu texto vou prestar mais atenção e não cair na armadilha novamente! Adorei.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Oi Cris!
    Mais um excelente texto você nos traz... pra ler e reler.
    Nós temos esse "dom" de exaltar quase sempre, somente esses 10%. Precisamos focar mais as coisas boas, e falando delas é uma maneira de atrair mais coisas positivas pra nós.
    Bjus amiga, tenha um bom dia!

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente é assim mesmo, muitas vezes me pego parada nos "10".
    Precisamos valorizar mais o lado bom da vida, não é mesmo?
    muito bom o post
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Cristiane , seu texto traz excelente reflexão . Obrigada . Beijos .

    ResponderExcluir
  14. Oi Dra Cristiane, tem toda razão, é desse jeitinho mesmo, mas esse tipo de texto é muito bom para acordar as pessoas, para passarmos a ver os 90 x 10. Eu nem preciso dizer que estou vivendo assim no momento. Depois do grande susto passei a achar tudo lindo e não me estressar com pequenas coisas. Estou ótima, me recuperando da cirurgia que foi pequena no corpo mas muito grande no espirito. Vou passar por um período de acompanhamento mas está tudo 90 por cento bom, e vai ficar melhor. Obrigado. Bjs
    Joana

    ResponderExcluir
  15. Amei ler aqui, amo isso de falar, pensar, mostrar sempre o lado bom das coisas, as ruins servem de lições, e quando as pessoas falam muito sobre as negatividades sempre desvio a conversa fazendo um elogio sincero, pois é, tem pessoas que nem sabem que têm boas qualidades né mesmo?
    Abraços linda amiga!

    ResponderExcluir