8 de fev de 2016

E Deus Me Fez Mulher

Bailarina de Belly Dance Tribal
Imagem: Pinterest

E Deus me fez mulher,
de cabelos longos,
olhos,
nariz e boca de mulher.
Com curvas
e pregas
e suaves ondulações
me cavou por dentro,
me fez um ateliê de seres humanos.
Teceu delicadamente meus nervos
e equilibrou com cuidado
o número de meus hormônios.
Compôs meu sangue 
e me injetou com ele
para que irrigasse
todo meu corpo:
nasceram assim as idéias,
os sonhos,
os instintos.
Tudo o que criou suavemente
a marteladas de suspiros
e a toques de amor,
as mil e uma coisas que me fazem mulher todos os dias,
pelas quais me levanto orgulhosa
todas as manhãs
e abençôo meu sexo.

Gioconda Belli
Poeta e Escritora Nicaraguense


Gosto demais desta escritora e particularmente deste poema, é como uma prece matinal para mim.

Esta é uma tradução que fiz, porque é raro encontrar seus trabalhos em português.

Que seja uma inspiração para todas!



12 comentários:

  1. Lindo poema, não conhecia! Ótima semana! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Uma inspiração que nos convida a esse reencontro com nós mesmas. Acho que estamos nos perdendo do feminino...
    Amei da dançarina e o poema! Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema, amei ler!
    Bem assim, ser mulher é maravilhoso, amo!
    Abraços amiga Cristiane!

    ResponderExcluir
  4. Un bonito poema.
    La fotografía es bella, el toque de sensualidad de la danza que es muy sensual y femenina.
    Muchas gracias por tu visita.
    Toda una alegría poder visitar tu blog.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  5. Na poética descrição residem desenhos irrefutáveis d'alma feminina.
    Lindo!
    Obrigada por me apresentar a autora.
    Bjos, Cris.
    Calu

    ResponderExcluir
  6. Lindo, Cris!
    Sempre gostei de ser mulher! Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Que beleza, soberbo, que descrição tão perfeita da mulher, parabéns á escritora, beijo amiga

    ResponderExcluir
  8. Oi Cris,
    Não conhecia a escritora e nem o poema, mas é belíssimo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Lindíssima!
    Voltando de um tempo de recolhimento necessário à alma e ao coração, mas cheinha de saudades...
    E este post me ajuda e me dá mais coragem. Obrigada
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. MA-RA-VI-LHO-SOOOOO
    Simplesmente amei Cris!
    Grata pela partilha.
    Beijinhos.

    Flores e Luz.

    ResponderExcluir
  11. Olá Cristiane,

    Lindo! Para ser lido todos os dias.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Cristiane , adorei o poema . Será também por mim lido , todos os dias .
    Vou compartilhá-lo com outras mulheres do meu entorno , a começar por minha filha .
    Como sempre , devo agradecê-la .
    Beijos e bom domingo.

    ResponderExcluir