14 de abr de 2016

Então, O Que É A Mulher Selvagem?


"Ela é a alma feminina, mas é mais do que isso, ela é a origem do feminino. De tudo o que for instintivo, tanto do mundo visível como do oculto. Ela é a base.

É a força da vida-morte-vida. É a incubadora. A intuição, a vidência, é a que escuta e tem o coração leal.

Ela estimula os humanos a continuarem fluentes na linguagem dos sonhos, da paixão, da poesia. Ela é idéias, sentimentos, impulsos e recordações. Ela é a voz que diz: "Por aqui. Por aqui."

É ela que se enfurece diante da injustiça. É a criadora dos ciclos.

Ela é tudo o que nos mantém vivas quando achamos que chegamos ao fim. Ela é a mente que nos concebe, somos seus pensamentos.

As mulheres que perdem o contato com essa fonte criativa sentem aridez, confusão, fragilidade, fadiga, depressão...

Vamos agora despir mantos falsos que tenhamos recebido, vamos assumir o manto do verdadeiro poder do conhecimento e do instinto. Vamos invadir os terrenos psíquicos que nos pertenceram um dia.

 Vamos preparar a cura. Voltemos a cantar, uivar, dançar e rir para Aquela Que Nos Ama Tanto.

Sem nós, a Mulher Selvagem Morre. Sem a Mulher Selvagem, nós morremos. Para a verdadeira vida, ambas têm de existir.
Clarissa Pinkola Estés
in: Mulheres que Correm com os Lobos

Compartihando com vocês um pouquinho das emoções do primeiro encontro de nosso novo grupo Correndo com Lobos.

Ótima semana para Todas!

11 comentários:

  1. Adorei.Faz pensar! bjs, ótimo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. Linda escolha de texto, amei ler amiga Cristiane!
    Abraços e tenhas um lindo dia!

    ResponderExcluir
  3. Bonito texto amiga, obrigada por partilhar conosco.
    Bjus Cris!

    ResponderExcluir
  4. Quando fatigada penso em desistir, ela uiva e aponta o caminho, rs

    ResponderExcluir
  5. Muito bem descrita a minha filha Lola, inteligente, batalhadora, corajosa, lutadora contra as injustiças... Um exemplo prá mim essa minha filhinha, Doutora querida, uma prova de que os bons exemplos podem vir de qualquer lugar, até das pessoas mais jovens... Como sempre as tuas postagens nos fazem refletir e crescer, de pouquinho em pouquinho... Beijos e obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Ganhei esse livro há algumas semanas. Ainda não li, porque a fila tá grande (kkkk). Adorei ler esse trechinho. Funcionou como uma espécie de convite. Acho que vou ter que acelerar, pra essa fila andar mais depressa.
    Ainda sobre nós, mulheres, aqui uma reflexão ...http://feiticosdobem.blogspot.com/2013/05/coracao-de-mae-nao-se-engana.html
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Oi Cris,
    Já estou com o livro no tablet, preciso arrumar tempo pra ler!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Cris!Quando estava lendo o texto lembrei que antigamente as mulheres eram muito valorizadas,pelo menos em algumas culturas.Acho que hoje estamos pouco a pouco retomando isso...Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Sempre tenho vontade de uivar ao ler este texto... :oDDD

    ResponderExcluir
  10. Oi Cris Amada... amo esse trecho de livro resumi muito bem quem somos. Um ótimo feriado. Com carinho de sempre Rê.

    ResponderExcluir
  11. Amei, Cristiane, bela chamada para a retomada da "Mulher Selvagem".
    Obrigada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir