25 de ago de 2016

Amor Verdadeiro x Falso Amor


     A palavra Amor, vem do latim amore e tem no radical am sua raiz; raiz essa que está presente em várias palavras como: amizade, amante, amigo, âmago. O radical am traduz aquilo que é de dentro, que é profundo.

     Portanto o amor é o sentimento capaz de conectar o que há de mais profundo e genuíno entre um ser e outro. Essa ligação pessoal e/ou coletiva denomina-se amor verdadeiro

    O amor verdadeiro é um processo em nossas vidas que está intrinsicamente ligado aos movimentos de amadurecimento, transformação, transcendência, compartilhamento, aconchego e solidariedade.

     No outro extremo há o falso amor, que aprisiona, angustia, manipula, controla, reprime, machuca, enlouquece e humilha. Este, é um sentimento francamente disfuncional, que não deveria receber a denominação de amor.

     No entanto, em nossa cultura, muitos atribuem a esse sentimento a denominação de amor, mesmo que venha acompanhado de adjetivos pejorativos como: amor bandido, amor de malandro, amor sofrido, amor vício, entre outras denominações.

    O amor verdadeiro tem um caráter construtivo e tem a capacidade de despertar o que há de melhor em nós, tanto para nós mesmas quanto para os demais. 

Dra. Ana Beatriz Barbosa  Silva
Psiquiatra 
In: Corações Descontrolados


Este post foi publicado há 3 anos, mas está muito relacionado ao tema do nosso encontro de amanhã, então vamos refrescar a memória...




6 comentários:

  1. Lindo texto e tão simples é o amor. É isso mesmo...algo que sempre liberta, sem termos de posse apenas a vontade de compartilhar, trocar experiências com outros seres amados: pais, cônjuge, filhos, amigos, animais, plantas. Não há sentimento mais divino do que o amor!!

    Bom fim de semana p/vc e sua família :-D

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Cris... obrigada pela postagem. Um ótimo final de semana com muita paz e luz. Feliz Encontro pra todas vocês. Com carinho Regiane.

    ResponderExcluir
  3. Amada Cris... você teria algum e-mail para eu conversar contigo... preciso de uma orientação e tá difícil de encontrar alguém que entenda meu conflito. Grata e fico no aguardo. Com carinho Rê

    ResponderExcluir
  4. Noooossa, como me falaram alto as definições aqui trazidas.Não é pela idade que se atinge maturidade e sim pela compreensão de inúmeros fatos e emoções, tipo a referente ao amor verdadeiro.Ao reconhecer-se a existência e a vivência deste amor verdadeiro, estaremos mais próximos da sabedoria.

    Grata pela partilha, Cris.
    Belo domingo. Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  5. Como é de difícil conviver com quem não sabe amar, não sabe o significado da palavra amor. Que repete "esse é meu jeito de amar" e eu penso "que jeito mais estranho de se querer o bem" ....

    ResponderExcluir
  6. Saber esta diferença é lucidez, que eu considero de extrema importância para uma vida com qualidade.

    ResponderExcluir