22 de ago de 2016

Vai de Copinho?


Na semana passada, um dos Grupos de Whatsapp do Mulheres em Círculo (o grupo do Pic-Nic) estava borbulhando de criatividade e trocas entre todas, foi lindo! 

E numa dessas trocas começamos a conversar sobre nossa relação com a menstruação e sobre os absorventes descartáveis, os reutilizáveis e os coletores. Algumas já usando o copinho, outras ainda com dúvidas.

Todas as que passaram a usar dizem: Por que não comecei a usar antes?

É prático, confortável, ecológico, muito econômico (dura a vida inteira) e não vaza.

Sem falar que evita as irritações de pele, não altera a flora vaginal e não fica nenhum odor, porque o sangue não tem contato com o ar.

Uma das nossas amigas nos passou o link para este vídeo da Jout Jout que é excelente! Com aquele humor característico, que nos faz rir mesmo quando o assunto é sério, ela nos fala de sua experiência com o copinho e ensina como usar. Assista! 



Só temos uma observação com relação ao vídeo: ela fala para jogar o sangue no vaso ou ralo. Se você preferir, tudo bem. 

Mas se quiser saber um pouquinho mais, aqui vai:

Na tradição do Sagrado Feminino, o sangue menstrual é sagrado e não deve ser desprezado simplesmente. Deve ser jogado na terra para fertilizá-la. É um sangue limpo e super nutritivo. Isso ainda é feito em comunidades nativas no Brasil e outros países. Antigamente era feito no mundo todo.

Mas aqui na cidade, se você quiser se conectar com esse lado sagrado, sempre que puder despeje o sangue em um recipiente,  dilua com um pouco de água e jogue no jardim ou em vasos de plantas. 

Desta forma você estará se conectando com esta sabedoria ancestral, honrando a Mãe Terra com sua oferta sagrada e suas plantas vão ficar lindas!!!

Achou estranho esse costume? Pois é....como nos afastamos da nossa natureza...Agora esta prática está voltando com força à medida que as mulheres estão se conscientizando de sua importância.

Conte para nós, já teve alguma experiência com o copinho ou com os absorventes reutilizáveis?


Amigas queridas do Grupo Pic-Nic, este post foi inspirado em vocês! Obrigada!



8 comentários:

  1. Oi Cris!
    Tenho me deparado bastante com esse assunto do copinho. É uma mudança grande, confesso que eu ainda não me envolvi, apesar de achar interessante do ponto de vista ecológico. Penso que as novas gerações usarão de forma bem natural e isso é ótimo. Mas ainda não descartei a ideia. Olharei com mais carinho e atenção. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia linda amiga! Muito bom, nossa, quem dera eu tivesse tido a chance de ter usado isso, rsrs, muito bom, hoje nem me lembro mais quando foi minha última menstruação, amei quando passei por todas as fases, passou, só me deixou feliz com tudo, pois amo ser mulher!
    Abraços linda amiga Cristiane, tenhas uma linda semana!

    ResponderExcluir
  3. Oi Cris,
    Vou confessar uma coisa, não gosto muito da Jout Jout, acho ela meio escatológica. Não assisti a este vídeo, mas alguns outros que assisti, não consegui ter empatia por ela.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Super interessante. Gostei de ler e saber sobre a menstruação.
    Gostei do seu blog, muito interessante, seguindo aqui.
    Beijo.

    https://meucantoomeumundoo.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Doutora querida, esse é um universo já tão longe de mim! Mas acho super coerente fertilizar a terra com nosso sangue, já tinha ouvido falar desse tal copinho e confesso que acho que demorou demais prá chegar - acho absorventes um crime contra as mulheres e contra a natureza, sempre achei. Me lembro que, quando fiquei "mocinha", ainda não existiam absorventes com aderência, a maioria das mulheres usava paninhos, que eram lavados e reutilizados... Obrigada pela sua preocupação com a minha ausência, deixei lá no blog uma explicação. Até mais e volto sempre que puder. Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Para mim foi novidade essa do copinho!! Gostei...achei bem interessante pelo fato de excluir absorventes que DETESTO!!! Obrigada por essa informação.

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Cris!
    Adorei ver a Jout Jout, acho ela tão envolvente, engraçada, debochada.
    Sabe, eu estou tão distante do assunto menstruação!!! Outro dia pensei sobre ele, o assunto, porque imaginei assim: o sanguinho menstrual vai voltar na minha vida, com a minha neta ahaha... já pensado no dia em que ela menstruar a primeira vez (só tem 2 anos ahaha).
    Não conhecia o copinho, nadica dele. Mas achei a ideia genial. Se o sanguinho estivesse ainda nos meus dias, eu usaria, tenho certeza.
    E achei excelente você falar sobre o sangue ser uma oferta sagrada, retornado a terra. Lindo!

    ResponderExcluir