14 de mar de 2016

Por Que Correr Com Os Lobos?


Muitas pessoas perguntam: O que as mulheres e os lobos têm em comum? A resposta vem da própria Clarissa na introdução do livro "Mulheres Que Correm Com Os Lobos":

"O estudo dos lobos Canis lupus e Canis rufus são como a história das mulheres, no que diz respeito à sua vivacidade e à sua labuta.
Os lobos saudáveis e as mulheres saudáveis têm certas características em comum: percepção aguçada, espírito brincalhão e uma elevada capacidade de dedicação ao grupo. 
Os lobos e as mulheres são gregários por natureza, curiosos, dotados de grande resistência e força. 
São profundamente intuitivos e têm grande preocupação para com seus filhotes, seu parceiro e sua matilha.
Têm experiência em se adaptar a circunstâncias em constante mutação. 
Têm uma determinação feroz e extrema coragem."

E então, temos muito em comum, não é? E ainda podemos aprender com eles...

Nesta semana iniciaremos um novo grupo de estudos e vivências deste livro, receberemos mulheres vindas do interior de São Paulo, do Paraná, Rio Grande do Sul e Tocantins.

A todas que iniciarão agora esta jornada: 

Sejam Bem Vindas! 
É uma honra e uma alegria ter vocês conosco!


13 comentários:

  1. Linda imagem e texto!
    A intuição é própria da mulher, ela tem essa força, que bom!
    Amei ler amiga Cristiane!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  2. Cris

    Sucesso para o novo grupo de estudos e vivências.

    Bjs e tenha excelente semana.

    ResponderExcluir
  3. Depois dessa comparação penso que terei de ler o livro.
    Boa semana a todas vocês!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Dra. Cristiane!
    Boas vivencias a todas que farão parte do grupo!
    Minha boneca ficou limpinha, obrigado de coração!
    Como exercito o "dividir é multiplicar" já ensinei para minhas amigas que tem meninas e bonecas!
    Beijo carinhoso, e uma semana muito feliz!

    ResponderExcluir
  5. Oi Cris,
    Estou com este livro em mãos para ler, mas não sei se vou conseguir...
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cris,
    se tenho algo em comum com eles é a intuição. Sou muito racional, mas sei ouvir a intuição e a valorizo. Ela dificilmente me decepciona!
    :)

    ResponderExcluir
  7. Fiquei muito feliz com a comparação! Será que é por isso, que eu sinto um carinho muito especial por eles? Somos parecidos...
    Gostei muito do texto Cris, e adorei a imagem!
    Desejo que teu grupo de estudos e vivências, tenha muito sucesso.
    Feliz semana amiga, bjus!




    ResponderExcluir
  8. Oi Cris, belíssima analogia, temos mesmo muito em comum com os lobos!
    Que o novo grupo seja repleto de experiências positivas e conscientizadoras.
    Beijos, fique com Deus.

    ResponderExcluir
  9. Ah!! Essa percepção aguçada, às vezes nos ajuda, às vezes...
    Quero aprender a lidar com a minha.
    Tomara que essa matilha seja cheia de descobertas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Ah! Essa percepção aguçada...Às vezes nos ajuda muito, outras nos atrapalha.
    Espero aprender a conviver com a minha de forma positiva e criadora.
    Que essa matilha chegue a muitas descobertas e permita ampliar o nível de consciência de cada loba ali presente. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Que interessante, nunca tinha pensado nisso, mas faz todo o sentido, gostei do texto,
    beijos amiga

    ResponderExcluir
  12. Cris, só quem acompanha a sua dedicação, a sua seriedade, pode dizer o quanto essa matilha é privilegiada e como essa vivência será transformadora em suas vidas. Registre tudo, faça fotos do primeiro dia e da evolução...vou querer ver! Muita sorte e proteção na nova viagem! Bjs de sua amiga e admiradora!

    ResponderExcluir