18 de ago de 2016

Nada de Nada.....Histórias Que Curam


Este lindo conto é de Kurt Kauter, traduzido aqui em versão livre.

Sabes me dizer quanto pesa um floco de neve? perguntou um pardal a um pombo silvestre.

Nada de nada... – foi a resposta.


Nesse caso vou lhe contar uma história maravilhosa – disse o pardal.

Eu estava sentado no ramo de um pinheiro quando começou a nevar.

Não era nevasca pesada ou furiosa. Nevava como em um sonho: sem ruído nem violência. Já que não tinha nada melhor a fazer, pus-me a contar os flocos de neve que se acumulavam nos galhos e agulhas do meu ramo. Contei exatamente 3.741.952.

Quando o floco número 3.741.953 pousou sobre o ramo – nada de nada como você diz – o ramo se quebrou.

Dito isso, o pardal partiu em vôo.

A pomba, uma autoridade no assunto desde Noé, pensou um pouco na história e finalmente refletiu:

Talvez esteja faltando uma única voz para fazer a diferença e trazer paz ao mundo.
       
        Talvez a minha ou a sua... 



7 comentários:

  1. Que beleza!Adorei ler! Faz pensar, não? beijos, chics

    ResponderExcluir
  2. Oi, Dra. Cristiane!
    Amei! Pura sabedoria!
    Dito assim, de forma simples e encantadora!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  3. Pra pensar, como tudo que você escreve e nos faz refletir. O importante é não perder a voz, quem sabe no 3.741.953....
    Bjs
    Joana

    ResponderExcluir
  4. Boa noite!
    Um texto atilado que faz a gente pensar...
    Gostei muito do seu blog
    ótima sexta com um bom final de semana!

    ResponderExcluir
  5. Olá Cristiane,

    Lindo, o muito é feito do quase nada.
    Beijos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  6. OI CRISTIANE!
    UMA ÚNICA VOZ, SEJA DE QUEM FOR. REFLETINDO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. A diferença! Pois é...
    Cris, deixei resposta, lá no meu blog, sobre a tua pergunta, no post sobre a Ilha. Deixei o link.
    Beijos querida e uma ótima semana.

    ResponderExcluir