19 de jun de 2017

O Significado do Inverno e Cuidados com a Saúde


Dia 21, entraremos oficialmente no Inverno. 

Será a noite mais longa do ano, contendo em si a semente da luz -  que começa a aumentar juntamente com a duração do dia - até chegarmos ao equinócio da primavera, quando o dia e a noite terão a mesma duração.

Na antiguidade esta data era extremamente importante, marcando o Renascimento do Sol e a Regeneração da Terra. Havia muitas festas e danças ao redor do fogo, e o costume de pular a fogueira, que  consideravam uma forma de purificação. Os solteiros que pulassem a fogueira acreditavam que encontrariam seu amor.

Estes costumes sofreram várias mudanças ao longo do tempo. No Brasil temos as festas juninas, uma lembrança desta época. Não é à toa que se canta: “Pula a fogueira Iaiá, pula a fogueira Ioiô..."


Neste período é importante acompanharmos o recolhimento da natureza e reservarmos um tempo diariamente, para silenciarmos e ouvirmos nossa voz interior, percebermos quais são nossos reais valores, nossos desejos e sonhos que anseiam por ser realizados nesta vida, pois o inverno é o tempo da semente que irá germinar na primavera.


Saúde
Com relação à saúde: as temperaturas mais frias são propícias para exercícios  vigorosos que ativam a circulação do sangue e aquecem o corpo. Também é preciso cuidar dos rins, o órgão chave desta estação, tomando muitos líquidos como sopas, caldos, chás…


Use  e abuse do gengibre nos chás e sopas, ele desintoxica o fígado e tonifica os rins, aumentando o fluxo da energia vital. O cravo e a canela, o mel e o limão também são bem vindos, ajudam a esquentar e a combater infecções.

O Inverno é o tempo do conforto, da boa comida, do aquecimento, do toque da mão amiga, da conversa ao pé da lareira: é o tempo do lar.


Do ponto de vista espiritual é uma época de regeneração, purificação e recolhimento. Quando refletimos sobre nosso caminho e fazemos as correções necessárias na trajetória para seguirmos na direção correta. O momento de vislumbrar o futuro, meditando e confiando nas orientações da nossa voz interior. É a incubação.

“A consciência de uma planta no meio do inverno não está voltada para o verão que passou, mas para a primavera que irá chegar. A planta não pensa nos dias que já foram, mas nos que virão. Se as plantas estão certas de que a primavera virá, por que nós – os humanos – não acreditamos que um dia seremos capazes de atingir tudo o que queríamos?”
Khalil Gibran



6 comentários:

  1. Olá Cristiane,

    Que postagem interessante, mas como aqui no outro hemisfério estamos começando o verão e a temperatura já anda bem alta vou fazer o caminho contrario, mas sempre de olho na saúde.
    Beijinhos e boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Oi Cris,
    Eu não me dou bem com gengibre, o que é uma pena, pois todo mundo diz ser ótimo.
    Amei o pensamento do Khalil Gibram.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Amei seu texto, o inverno dá azo a muitos resfriados que podem causar danos a saúde, e esse seu chá me é de grande ajuda, tomo sempre que faz frio, aquece e nos protege!
    Vamos curtir o frio e sentir a vida fluindo como tem de ser, amando todas as estações climáticas!
    Abraços apertados querida amiga, que tenhamos um lindo inverno!

    ResponderExcluir
  4. Que lindo texto! E os cuidados com a saúde deveriam ser em todas estações,mas sabemos, nem sempre o fizemos... Tudo de bom,bjs, chica

    ResponderExcluir
  5. Era esse texto que eu precisava, agora, hoje e amanhã tbem;na essência do nono parágrafo que arremata os demais, li conselho válido e bem sublinhado: " É a incubação".
    Tempo de preparo meticuloso, gestação.

    Obrigada por mais esse presente, Cris.
    Abração,
    Calu

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto muito do inverno, me sinto muito bem. E percebo que tudo fica mais silencioso, o que me faz gostar ainda mais. Uso muito o gengibre, especialmente no inverno. Uma xícara de chá todas as noites.
    Agradecida pelas preciosas dicas, Cris. Mais beijinhos.

    ResponderExcluir