9 de fev. de 2021

O Que É A Mulher Selvagem?


"Ela é a alma feminina, mas é mais do que isso, ela é a origem do feminino. De tudo o que for instintivo, tanto do mundo visível como do oculto. Ela é a base.

É a força da vida-morte-vida. É a incubadora. A intuição, a vidência, é a que escuta e tem o coração leal.

Ela estimula os humanos a continuarem fluentes na linguagem dos sonhos, da paixão, da poesia. Ela é idéias, sentimentos, impulsos e recordações. Ela é a voz que diz: "Por aqui. Por aqui."

É ela que se enfurece diante da injustiça. É a criadora dos ciclos.

Ela é tudo o que nos mantém vivas quando achamos que chegamos ao fim. Ela é a mente que nos concebe, somos seus pensamentos.

As mulheres que perdem o contato com essa fonte criativa sentem aridez, confusão, fragilidade, fadiga, depressão...

Vamos agora despir mantos falsos que tenhamos recebido, vamos assumir o manto do verdadeiro poder do conhecimento e do instinto. Vamos invadir os terrenos psíquicos que nos pertenceram um dia.

Vamos preparar a cura. Voltemos a cantar, uivar, dançar e rir para Aquela Que Nos Ama Tanto.

Sem nós, a Mulher Selvagem Morre. Sem a Mulher Selvagem, nós morremos. Para a verdadeira vida, ambas têm de existir.
Clarissa Pinkola Estés
in: Mulheres que Correm com os Lobos

Compartihando com vocês um pouquinho das emoções do nosso novo grupo Correndo com Lobos.

Ótima semana para Todas!

P.S.: Este grupo está lotado e já em andamento. Em 2022 abriremos nova turma. Caso deseje ficar na lista de espera, envie e-mail para circulodosaber@uol.com.br.




4 comentários:

  1. Lindo texto e realmente todas devem co-ecxistir e sobretudo, se enfurecer com as injustiças... Linda imagem ! beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. O texto é lindo... Eu continuo lendo o livro, num ritmo meio lendo, pois é um livro para ler e pensar, não dá para ler só por ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Cristiane , sempre aprendendo com você , neste espaço e no instagram .
    Muito obrigada .
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nem sempre é fácil despir os mantos, mas ganhamos força a medida que o fazemos.

    Linda imagem: força, cor, beleza e leveza ao mesmo tempo.

    Um abraço

    ResponderExcluir